Entre os principais benefícios de ter um e-commerce podemos citar a possibilidade de mensurar resultados e de fazer testes A/B. Dessa forma, é possível entender como tudo funciona, o que está dando certo e o que precisa ser aperfeiçoado.

Essa é uma estratégia que permite focar os esforços no que realmente importa, com base em informações relevantes e não em suposições. Os testes A/B permitem, por exemplo, identificar os ajustes nas páginas que geraram resultados mais expressivos, fazendo com que o negócio ganhe mais recursos e tenha menos custos.

No post de hoje nós explicaremos melhor o conceito de Testes A/B e mostraremos como eles podem ser usados para melhorar as conversões. Boa leitura!

O que são os testes A/B?

Os testes A/B são baseados em comparações entre dois modelos de páginas utilizadas pelo e-commerce. Eles são utilizados principalmente para avaliar qual posicionamento, cor, textura, imagens e demais elementos trazem mais retorno ao negócio. A ideia é verificar qual das variáveis apresenta as respostas mais adequadas para o negócio.

Diferentemente dos testes multivariados, os testes A/B verificam somente uma variável (duas variações) de cada vez e, assim, é possível optar por uma entre elas. Os gestores podem, por exemplo, testar dois tamanhos diferentes do botão “Comprar” para definir aquele que gera maior taxa de conversão.

Quer ver o que é possível testar? Qualquer elemento visual e sensorial que o usuário tem acesso podem ser testadas. Entre eles podemos destacar:

  • imagens;
  • títulos;
  • intertítulos;
  • call to actions;
  • organização dos elementos;
  • landing pages;
  • URL;
  • peças de e-mail marketing;
  • botões de compartilhamento;
  • formulários;
  • elementos dos textos;
  • elementos visuais como cores, setas e outros.

Como realizar testes A/B?

Inicialmente, é preciso planejar e não apenas comparar. Veja os passos:

Determine uma hipótese

Comece avaliando junto ao seu sistema de analytics as páginas que apresentam taxa de conversão baixa ou alta taxa de abandono de leitura.

Defina objetivos

Defina o objetivo para aquelas variáveis que precisam ser melhoradas. Ele pode ser o aumento de conversões de uma landing page ou o aumento de inscritos na lista de e-mails. É importante que a taxa seja mensurável, relevante para o negócio e alcançável. Por isso, é essencial que ela seja realista.

Modifique a variável

Realize a mudança necessária utilizando uma das ferramentas de Testes A/B.

Coloque a página no ar

O sistema colocará as duas páginas no ar e elas serão apresentadas aleatoriamente para os usuários. A partir da interação, o sistema apresentará a performance de cada uma.

Utilize ferramentas familiares de testes

Conduzir testes A/B requer ferramentas específicas, capazes de analisar os elementos que serão comparados. São sistemas de automação de marketing, a exemplo do  Unbounce, do VWO e do Google Analytics Experiments.

Quanto tempo devem durar os testes?

Testes A/B exigem tempo para o entendimento acerca dos motivos de uma variável ser mais interessante que outra. Esse período dependerá do objetivo e da variável. Geralmente, as landing pages precisam de testes de 15 a 30 dias, ao passo que posts de alto tráfego apresentam resultados mais significantes nos primeiros 10 dias de teste.

Vale ressaltar que é importante analisar bem os resultados, comprovar as hipóteses e avaliar se os objetivos foram atingidos. Caso os resultados dos testes A/B demorem muito para aparecer, isso quer dizer que a variável não tinha muito impacto ou que ambas as escolhas não são boas. 

Utilize a experiência obtida para aperfeiçoar os elementos e encontrar a solução.

Gostou deste artigo? Aproveite e leia também este outro post que trata das técnicas que ajudam na recuperação do carrinho abandonado. Até breve!