Ter um negócio no meio digital nos oferece diversas possibilidades de otimizar a nossa estratégia, e nos fornece informações valiosas que dificilmente conseguimos em um negócio presencial.

Uma dessas possibilidades é a chance de testar nossos materiais para utilizar aqueles que oferecem o melhor resultado. Por isso neste artigo você vai aprender a como fazer um teste A/B que vai otimizar os resultados do seu e-commerce e trazer muitas vendas!

O que são os testes A/B?

O teste A/B é um método muito utilizado no marketing de um e-commerce para otimizar os resultados, sejam eles relacionados a ter mais vendas ou melhorar o engajamento nas redes sociais. 

Ele é feito a partir da comparação de dois modelos que possuem o mesmo objetivo, porém são criados com algumas características diferentes para ver se elas influenciam no desejo de compra do consumidor final.

Esse tipo de teste é muito utilizado em e-mail marketing e landing pages, onde é feito uma mudança simples, como títulos chamativos diferentes em dois modelos, ou a simples mudança da cor de um botão.

Com essa pequena alteração, eles podem testar as duas versões para ver a que mais trouxe resultados e assim, conhecer mais sobre quais são as preferências do consumidor na hora de interagir com um material digital.

O que deve ser testado neste método?

O teste A/B é um método mais objetivo, que busca ver o desempenho de um único atributo. Por isso é importante escolher somente uma característica do modelo para testar, pois dessa forma você saberá a influência que ele tem no seu cliente.

Nos testes A/B você pode testar desde a cor utilizada no material até a forma em que um texto é escrito. A seguir você conhece as principais características de um material que normalmente são testadas.

Vídeos e imagens

Conteúdos visuais causam um impacto maior nas pessoas, pois é o atributo que mais chama a atenção delas, por isso a importância de sempre adicionar imagens ou vídeos quando queremos destacar uma comunicação, como a divulgação de uma oferta ou um cupom de desconto.

Nos testes A/B você pode testar esse elemento ao utilizar imagens e vídeos diferentes em dois materiais. Você pode criar duas imagens com esquemas de cores diferentes para ver quais impactam mais o consumidor, ou testar se um vídeo mostrando como utilizar um produto influencia mais do que só uma imagem.

Botões

Os botões são um elemento muito importante em comunicações no formato de e-mail marketing e landing page, pois é com eles que o consumidor realiza ações como comprar ou se cadastrar em um canal de comunicação.

Por ser um elemento importante, devemos tomar cuidado em como ele é construído. O ideal é que ele seja um pouco diferente do restante do conteúdo para assim chamar mais atenção do público.

Na hora de testar esse elemento, você pode fazer isso ao alterar o lugar que ele está no material, mudar a sua cor, trabalhar com tamanhos diferentes e até mesmo mudar o texto para ver o que mais influencia o seu consumidor a fazer ele clicar. Mas lembre-se de fazer um ajuste de cada vez.

Títulos e textos

Por mais que conteúdos visuais como botões e imagens chamem mais atenção do consumidor, não podemos esquecer da qualidade dos nossos textos. Um material com uma gramática ou ortografia descuidada pode ser o motivo de um cliente não ter muita confiança no seu e-commerce.

Quando for realizar um teste A/B, você pode trabalhar criando versões diferentes de uma chamada no título, na descrição dos produtos ou ir alterando o tipo de depoimento utilizado para ver o que traz o melhor resultado.

Caso você realize o envio de e-mail marketing, é interessante testar o assunto colocado, para ver que tipo de assunto faz os seus clientes abrirem mais o e-mail enviado.

Formulários

Todos os e-commerces utilizam pelo menos um formulário na sua estratégia digital, pois o preenchimento desse material indica um ponto importante no funil de vendas.

Nos testes A/B você pode testar os formulários alterando o texto utilizado em campos e botões, assim como a quantidade. Nós sabemos que ninguém gosta de ficar preenchendo diversos campos em um formulário, então pode ser uma boa realizar um teste A/B para verificar a quantidade que seus clientes acham confortável preencher.

Dessa forma você consegue otimizar a criação desse material para que ele fique cada vez mais assertivo e faça as pessoas preencherem as informações importantes para você criar ofertas personalizadas.

Design e Layout

Por fim, mas não menos importante, temos o layout do material a ser criado, que por ser um atributo visual também é muito importante de ser testado.

Aqui você pode testar a forma que os elementos estão dispostos em uma página, e ver se é melhor iniciar com uma imagem, vídeo ou se talvez seja melhor utilizar outra cor da sua identidade visual para chamar a atenção do consumidor.

Como saber quando aplicar o teste?

Os testes A/B devem ser aplicados quando você perceber a necessidade de melhorar uma métrica importante para o seu negócio, que está ligada de forma direta ou indireta a quantidade de vendas realizadas.

Também pode ser interessante usar os testes A/B para testar novas cores e formatos e ir lentamente mudando a sua identidade visual para algo que seja mais agradável para os seus clientes e que eles interajam mais.

E esse tipo de teste também é uma boa forma de você conhecer melhor o seu público e ver que tipo de produtos ou promoções eles gostam mais e costumam comprar quando são impactados por elas.

Quanto tempo devem durar os testes?

A duração de um teste A/B é determinada a partir do seu objetivo e do material a ser testado. Se você quiser, por exemplo, testar o assunto de um e-mail marketing, o seu teste provavelmente vai durar cerca de um dia ou menos, pois os resultados já podem ser analisados em apenas algumas horas depois do envio

Mas caso você queira testar o desempenho de uma landing page, pode ser que demore de 15 a 30 dias até você conseguir analisar os resultados de forma efetiva. Vale ressaltar também que às vezes, quando os resultados de um teste demoraram mais de 30 dias para aparecer, pode ser que a variável testada não tenha muito impacto, ou que ambas as escolhas não foram boas.

Quando você se planejar para realizar o seu teste A/B, defina muito bem o seu objetivo a ser alcançado e a métrica que se relaciona com ele para poder realizar as análises. Nesse planejamento, determine também um prazo para a duração do teste, onde você pode colocar uma data limite que indicaria que se os resultados não aparecerem até esse prazo, significa que as variáveis não tiveram um grande impacto.

Como fazer um teste A/B?

Agora chegou o momento de saber como fazer um teste A/B de qualidade para otimizar os resultados do seu e-commerce! Nesse momento é necessário criar um planejamento bem assertivo e manter uma organização ou quem sabe uma rotina para verificar sempre a métrica a ser alcançada.

A seguir, indicamos um passo a passo bem simples, de quatro etapas que vão ajudar muito na hora de criar o seu primeiro teste A/B e começar a utilizar esse método para otimizar as suas estratégias e resultados digitais.

1. Determine uma hipótese

O primeiro passo para criar o seu teste A/B é determinar uma hipótese a ser testada. Para isso, você pode analisar o que poderia ser alterado para influenciar uma métrica do seu e-commerce. Abaixo separamos um exemplo de hipótese para utilizar na sua estratégia: 

Utilizar vídeos demonstrando a eficácia de um produto geraria mais acessos ao e-commerce do que utilizar uma imagem. 

A partir da definição dessa hipótese a ser testada, podemos seguir para o nosso segundo passo de criação do teste A/B.

2. Defina a sua métrica

Com a hipótese estipulada, precisamos definir qual será a métrica que vai ser analisada para conferir os resultados que o teste traz para o negócio.

É importante que se escolha somente uma métrica a ser analisada, para não causar confusões depois, e essa métrica precisa ser facilmente mensurada com o sistema que você utiliza atualmente. 

No exemplo citado no passo anterior, poderíamos definir que a métrica a ser acompanhada é a quantidade de visitas ao seu e-commerce

3. Modifique a variável

Após a hipótese e a métrica estarem definidas é quando seguimos para o terceiro passo que é o momento em que vamos realmente fazer as alterações necessárias no nosso material.

Aqui você vai fazer a alteração relacionada a sua hipótese, seja ela a alteração de um botão, texto ou disposição dos elementos. Utilizando o exemplo criado anteriormente, o atributo a ser modificado seria utilizar o vídeo pela imagem, onde em uma página colocaríamos um vídeo e na outra a imagem.

4. Coloque o seu material no ar

Com as variáveis criadas, chegou o momento de deixar o seu material acessível para o público. O sistema que você utiliza para fazer o teste A/B vai mostrar de forma aleatória uma das versões do material criado para os seus usuários.

A partir daí, o sistema vai coletando os resultados que esse teste vai gerar para você poder analisar posteriormente. Dependendo do sistema que você utiliza, ele pode enviar os dois materiais para uma pequena amostra do seu público, e se um dos materiais tiver um resultado mais positivo, ele será enviado para o restante do público.

Uma coisa importante sobre os sistemas é sempre utilizar aquele que você tem mais familiaridade ou que são mais fáceis de mexer em um primeiro momento. Depois você pode adaptar a sua estratégia de testes A/B em sistemas mais robustos.

Como medir os resultados?

A parte mais importante sobre como fazer um teste A/B é saber medi-lo com eficiência. Para isso é necessário saber analisar os dados fornecidos pela métrica que você escolheu utilizar no momento do teste.

Mas nós sabemos que existem várias métricas que podem ser analisadas, porque o meio digital nos dá mais oportunidades para medi-las. Por isso, separamos abaixo uma lista com algumas métricas que existem e qual é o melhor momento de utilizá-las!

Número de visitantes

Essa métrica é muito utilizada em sites de e-commerce para verificar a quantidade de visitas que ele recebe de forma diária, semanal, mensal e anual também. Em um teste A/B essa métrica pode ser utilizada quando queremos receber mais visitantes no e-commerce para assim melhorar o SEO, ou realizar mais vendas de um produto específico.

Abertura e cliques

Essa métrica é muito utilizada em e-mail marketing, quando queremos otimizar a nossa abertura e quantidade de cliques em um link específico. Elas são importantes de serem analisadas, pois quanto mais aberturas e engajamento você tem, mais resultados em vendas ela pode trazer a você.

Crescimento da base

Essa métrica é uma boa opção quando você está realizando um teste A/B cujo objetivo é aumentar a sua base de leads, para você poder se comunicar com eles e gerar mais vendas. Ela pode ser bem utilizada em testes relacionados a landing pages, por exemplo, ou a formulários.

Taxa de conversão

Essa métrica indica a quantidade de pessoas que realizaram uma ação importante no seu e-commerce. Essa ação pode ser baixar um material como um e-book, assinar uma newsletter ou realizar uma compra. Em um teste A/B elas podem ser utilizadas em quase todos os tipos de variáveis a serem testadas.

Um ponto muito importante em testes A/B é saber otimizar a sua estratégia para gerar mais resultados no futuro. Portanto, ao finalizar um teste, pense o que você aprendeu com ele para poder definir outras ações no futuro que ajudem no crescimento do seu negócio

Agora que você conhece mais sobre como fazer um teste A/B que traz ótimos resultados ao seu e-commerce, conheça algumas dicas essenciais para aumentar as visitas na sua loja virtual!