Com o desenvolvimento das tecnologias de geolocalização aliado à popularidade dos smartphones, a localização do consumidor se tornou uma informação muito mais fácil de obter e utilizar nas estratégias de marketing. Em se tratando de e-commerce, mais especificamente, a geolocalização torna-se uma grande aliada no aumento do tráfego orgânico.

Sabendo disso, decidimos explicar que papel a geolocalização pode ter no seu e-commerce, apresentar as vantagens que ela pode trazer para o seu negócio e compartilhar breves dicas de como utilizá-la. Confira!

Como funciona a geolocalização para e-commerce?

A geolocalização é o nome dado para um conjunto de tecnologias capazes de determinar a localização exata ou aproximada de um aparelho eletrônico e de enviar essa informação para quem o usuário permitir.

Tal informação pode tanto ajudá-lo a conhecer mais sobre os seus consumidores, uma vez que eles passem a dividir essa informação com você, como também pode ajudá-lo a focar melhor suas estratégias de marketing digital. Seja como for, a geolocalização acaba tendo um papel muito importante no marketing da sua loja virtual.

Quais as suas vantagens?

A primeira grande vantagem da geolocalização é a de adquirir mais informações sobre o comportamento do seu consumidor, ajudando-o a traçar um perfil mais específico que poderá ser importante na elaboração de novas estratégias de marketing.

Outra vantagem muito importante é a de selecionar por meio da localização o público que receberá seus anúncios e diferenciar esses anúncios de acordo com a região em que são acessados.

Uma vez que a geolocalização permite que as ações de marketing da sua loja virtual se voltem para públicos mais específicos ou localizados, elas serão mais eficientes. Desse modo, essa tecnologia permite que você gere mais leads com menos investimento.

Como implementá-la?

Com isso em mente, apresentamos a seguir três dicas de como utilizar a geolocalização para aumentar as vendas da sua loja virtual. Veja só!

Divulgando os produtos certos

Há certos produtos que fazem mais sentido em determinados lugares do que outros. Roupas de praia ou artigos de surf, por exemplo, são mais procurados no litoral, enquanto que roupas de frio são mais compradas em determinadas regiões do país.

Sendo assim, é possível utilizar a geolocalização para selecionar os locais de maior demanda para cada categoria de produto.

Encontrando o público-alvo

Existem algumas características importantes para as estratégias de marketing que podem ser inferidas por meio da geolocalização. Por exemplo, a classe social — toda cidade tem bairros mais caros ou mais baratos de se morar — ou os hábitos — há regiões da cidade que concentram baladas e bares, por exemplo.

Cruzando essas informações, é possível utilizar a geolocalização para focar o marketing nas regiões que mais combinam com o seu público-alvo. Desse modo, as ofertas ficam mais personalizadas.

Conhecendo melhor o consumidor

O caminho inverso também é possível, como conhecer mais sobre o comportamento dos seus leads por meio da instalação de um aplicativo da sua marca, por exemplo. Essas informações vão ajudá-lo a descobrir os hábitos do seu consumidor e a repensar o perfil que as suas estratégias de marketing tentam atingir.

Há diversas formas de utilizar a geolocalização quando se trata de e-commerce. O mais importante para implementá-la de forma criativa é entender que com o avanço das tecnologias de comunicação, a informação da localização do consumidor passa a ser muito importante na criação de um relacionamento com a sua marca.

Sendo assim, por que não aproveitar o embalo para aprender um pouco mais sobre outras técnicas focadas no aumento de tráfego em e-commerce?