Quando iniciamos uma loja virtual, é comum que o primeiro canal a ser considerado quando o assunto é divulgar o negócio sejam as redes sociais. Porém, é importante observar que no meio digital existem diversas possibilidades da sua loja ser encontrada além das redes sociais, e uma delas é nos resultados de buscas do Google.

O seu cliente sempre estará pesquisando sobre o produto que tem interesse em comprar pelo Google, onde ele possui uma variedade maior de produtos nos resultados de buscas, e pode contar com ferramentas que permitam a comparação de preços, qualidade e custo-benefício em diferentes lojas.

Se a sua loja virtual não aparecer nos resultados de buscas, significa que você está perdendo diversos clientes. Mas a boa notícia, é que você pode começar hoje mesmo a aplicar táticas que ajudem a melhorar o posicionamento do seu negócio no Google!

Por isso neste artigo, você aprenderá mais sobre como fazer a loja virtual aparecer no Google, onde você conhecerá as principais táticas utilizadas para atingir esse objetivo e assim aumentar o número de visitantes, clientes e vendas no negócio!

O que é SEO?

SEO é um conjunto de técnicas aplicadas em sites para fazer com que eles apareçam nas primeiras páginas dos resultados de pesquisa de buscadores como o Google. Ele é a sigla para Search Engine Optimization que significa Otimização Para Mecanismos de Buscas.

Ao aplicar as técnicas de SEO na sua loja virtual, fica mais fácil para que os clientes encontrem o seu negócio. Com ele, você otimiza a sua loja para que ela apareça sempre que alguém pesquisar sobre o produto que você vende.

Para realizar isso, o SEO é aplicado em diversos locais no seu site, como títulos e descrições de produtos, estrutura de links da loja, facilidade de navegação entre outros locais que os buscadores utilizam para classificar sua loja nos resultados de pesquisa.

Como o SEO pode ajudar a loja virtual aparecer no Google?

A maioria das técnicas de SEO aplicadas na loja virtual, são baseadas em palavras-chave, que são termos utilizados pelo seu público para pesquisar mais sobre o produto que você vende. 

Durante a pesquisa, o Google vai buscar os sites que possuem as mesmas palavras utilizadas pelo usuário na busca. Após serem encontrados, o Google passa um filtro pelos sites, onde ele verifica se ele conseguirá ajudar o usuário na busca realizada.

Com esse filtro finalizado, o Google organiza os sites onde ele coloca os mais relevantes para a pesquisa na primeira página, e os menos relevantes nas páginas seguintes.

Sendo assim, para que a sua loja apareça nas primeiras páginas, é necessário aplicar as técnicas de SEO, onde serão adicionadas as palavras-chave utilizadas pelos seus clientes na pesquisa, para melhorar o posicionamento da sua loja nos resultados de busca.

Quais são as formas de rankear a loja virtual?

As técnicas contidas em uma estratégia de SEO podem ser utilizadas de diversas maneiras na sua loja virtual para melhorar o ranqueamento dela, ou seja, o posicionamento da sua loja nos resultados de buscas.

Abaixo, separamos duas maneiras de aplicar o SEO na sua loja virtual, que são simples de serem implantadas e muito utilizadas no mercado.

Cadastro de produtos com técnicas de SEO

Essa é a forma mais comum utilizada pelas lojas virtuais no momento de aplicar técnicas de SEO, já que o cadastro dos produtos não é uma atividade completamente nova, e sim algo que todos os lojistas precisam fazer.

Aqui, as técnicas de SEO são fortemente aplicadas nos textos, como o título dos produtos, a descrição deles e também no nome e descrição de imagens, que são configurações feitas quando carregamos as fotos dos produtos na loja virtual. 

Nesses locais, é importante adicionar palavras-chaves utilizadas pelo seu público quando ele realiza a pesquisa do produto. Geralmente, o termo utilizado é o próprio nome do produto, fazendo com que nem sempre seja necessário fazer uma pesquisa de palavras-chave para encontrar os termos mais usados.

Porém, é importante conhecer as palavras ou frases que sejam do mesmo universo do produto em questão. Por exemplo, quem está realizando o cadastro de um tênis, poderia usar na descrição do produto termos como corrida, esporte, caminhada, atividades físicas, entre outros termos relacionados ao produto principal.

Blog para Loja virtual

Criar um blog é algo que pode ajudar você a ranquear melhor a sua loja virtual. Geralmente, a criação de um blog utiliza a estratégia do Inbound Marketing, onde o cliente que vai em busca da empresa.

Nessa estratégia, o blog é utilizado para atrair esse cliente por meio das publicações, que são feitas com base em uma palavra-chave específica que o usuário pesquisa para encontrar a sua loja. Dessa forma você traz visitantes para a sua loja por meio de uma publicação e ajuda a melhorar o posicionamento do seu site no Google.

Como fazer a loja virtual aparecer no Google?

Por mais que a maioria das táticas de SEO sejam baseadas em palavras-chaves, também precisamos se atentar a forma em que a loja virtual está configurada na plataforma, pois muitas vezes o SEO também é aplicado ao realizar algumas configurações simples na plataforma, como utilizar links ou criar categorias.

Para que você consiga aproveitar o máximo da estratégia de SEO e possa colher ótimas resultados dela, separamos a seguir algumas práticas para você saber como fazer a loja virtual aparecer no Google.

1. Faça uma árvore de categorias

A árvore de categorias é uma prática muito utilizada nas lojas virtuais e consiste basicamente em você separar os seus produtos em categorias. Por mais que essa prática pareça uma simples configuração utilizada somente para a organização, ela também ajuda a trazer ótimos resultados para o posicionamento da sua loja no Google.

Com uma boa classificação de produtos criados nas categorias, você consegue melhorar a navegação do público na sua loja, que conseguirá encontrar facilmente o que ele procura, além de essa ser uma seção muito utilizada pelo Google, onde ele “lê” o seu site e sabe que conteúdo tem dentro.

Por conta disso, é fundamental que as categorias criadas sejam baseadas em palavras-chaves simples utilizadas pelos seus clientes na hora de pesquisar o produto de interesse. Busque utilizar as palavras-chaves que são mais genéricas e curtas.

2. Divida os produtos por subcategorias

Além de criar categorias, pode ser interessante subdividi-las para assim facilitar ainda mais a navegação do público. Geralmente, as lojas virtuais que criam subcategorias trabalham com produtos mais amplos que possuem diversos modelos diferentes. Um exemplo é uma loja que trabalha com roupas femininas, que pode dividir uma categoria de seus produtos assim:

  • Casacos
    • Jaqueta
    • Cardigan
    • Blazer
    • Sobretudo
    • Kimono

Separar em subcategorias também é algo que ajuda o Google a ranquear melhor o seu site, pois elas também representam palavras-chave que o seu cliente utiliza para pesquisar o produto.

3. Defina a palavra-chave para cada uma das categorias

Após ter pensado nas categorias e subcategorias da sua loja virtual para classificar os produtos, você deve definir com atenção o nome que vai dar a elas. Lembre-se sempre que as categorias precisam conter palavras-chaves relacionadas ao produto.

Você pode utilizar ferramentas como o Google Keyword Planner para procurar os termos que o seu público utiliza na hora de pesquisar os produtos. Outra forma de fazer isso, é analisando as lojas virtuais concorrentes e ver que palavras elas adicionam nas categorias de produtos, para que você tenha uma noção melhor de como a organização é feita.

4. Defina palavras-chaves relevantes para os seus produtos

No cadastro do seus produtos também é importante adicionar palavras-chave que sejam termos utilizados na pesquisa do seu público. Para defini-las, você pode usar ferramentas que mostram as palavras mais utilizadas na pesquisa pelo seu produto ou analisar a sua concorrência também.

Na hora de defini-las, é importante pensar em palavras-chave que também descrevem o que o seu cliente faz com o produto. Se você vende artigos esportivos, por exemplo, pode ser uma boa usar termos relacionados aos esportes feitos com algum produto da sua loja.

5. Apresente URLs amigáveis

Outro ponto muito importante na hora de fazer o SEO da sua loja virtual é se atentar às URLs de todas as páginas do seu site. O ideal é que elas também sejam otimizadas e contenham a palavra-chave que você quer que o seu site seja ranqueado.

Além de conter a palavra-chave, também é importante deixar a URL mais amigável para os buscadores, de forma que eles consigam entender o conteúdo contido nelas. Por isso, evite usar números, caracteres especiais e palavras não relacionadas na URL.

6. Crie Backlinks relacionando os produtos

Um backlink é basicamente quando outro site faz um link para a sua loja em algum conteúdo, página ou produto deles. Essa é uma parte muito importante do seu SEO, pois o Google vê os backlinks como se fossem uma indicação de que o seu site é relevante.

Para alcançar isso, você precisará encontrar parceiros que possam criar links para a sua loja. Esse parceiro pode ser um influenciador que indica seus produtos ou até mesmo uma loja, que venda produtos que possam ser utilizados junto com os seus.

Quando for procurar esse parceiro, prefira aqueles que já aplicam técnicas de SEO no site deles e que possuam um bom posicionamento nos resultados de pesquisa.

7. Faça boas descrições para os produtos

A descrição do seu produto é uma das áreas da sua loja virtual em que você terá mais oportunidades de adicionar palavras-chaves que ajudem a otimizá-lo e fazer com que o produto apareça cada vez mais nos resultados de busca.

Por isso capriche bastante na descrição e detalhe o máximo possível do seu produto, colocando outras palavras-chave que você sabe que o seu público pode utilizar para encontrá-lo.

8. Cadastre os produtos usando todas as técnicas de SEO

Na hora de realizar o cadastro de novos produtos na sua loja virtual, sempre procure seguir as mesmas técnicas de SEO aplicadas na descrição dos produtos antigos, para que assim todo o seu catálogo fique otimizado.

Dessa forma, você consegue posicionar melhor a sua loja virtual nos resultados de buscas e faz com que os novos produtos adicionados consigam ser bem ranqueados e gerar boas vendas.

9. Faça bons títulos e meta descrição para os produtos

Por último, é fundamental se atentar a esses dois fatores no cadastro de produtos. O título do seu produto precisa ser mais curto e deve conter a palavra-chave relacionada a ele para ajudar no posicionamento.

Já a meta descrição, que é aquele pequeno texto que aparece nos resultados descrevendo o conteúdo da página, também deve conter a palavra-chave junto com outros termos relacionados, onde ficará descrito o que o usuário encontrará ao entrar naquela página de produto.

Agora que você já aprendeu sobre como fazer a loja virtual aparecer no Google, confira 6 dicas valiosas para conquistar novos clientes!