Começar um negócio online vai além de ter bons produtos para vender. É como gerenciar uma empresa em um contexto físico, ou seja, você precisará cuidar de muitos afazeres importantes. Diante disso, algumas ferramentas para e-commerce serão simplesmente indispensáveis para conseguir cuidar de tudo aquilo que é necessário no seu negócio.

No marketing, no monitoramento das vendas, no atendimento e relacionamento e também na gestão logística é importante contar com as soluções certas. Portanto, as empresas precisam também saber quais são as ferramentas que realmente fazem sentido para o negócio. Isso vai garantir uma contratação com ótimo custo-benefício.

Neste conteúdo, você entenderá melhor para que servem e quais são essas ferramentas, além de conhecer as que são indispensáveis. Confira!

Como escolher as melhores ferramentas para e-commerce?

Boas ferramentas para a sua empresa não serão, necessariamente, as mais famosas e renomadas do mercado. Por mais que seja mais fácil escolher essas opções, nem sempre são o que seu negócio vai precisar. Por exemplo, se você está só começando, certamente não precisará de um número grande de recursos mais complexos.

Portanto, escolher de acordo com sua necessidade possibilita uma operação simplificada e um custo dentro da realidade da empresa. Veja como escolher as melhores ferramentas a seguir. 

Escolha de acordo com o objetivo do seu negócio

Sua empresa foi criada com base em objetivos bem definidos e eles serão seguidos durante toda essa jornada, certamente. Com base nisso, há algumas necessidades mais urgentes e relevantes que o negócio tem, o que é perfeitamente natural. A partir disso, é importante avaliar que tipo de suporte a sua empresa necessita.

Cada objetivo de negócio vai demandar diferentes tipos de ferramentas, e a melhor forma de escolhê-las é justamente fazendo essa correlação. Portanto, pense em seu modelo de negócio, nos objetivos que você definiu para essa empresa e, então, vá atrás das soluções que vão ajudar a chegar a esses resultados de maneira mais fácil.

Veja quais são as lacunas que precisa sanar

Quais são as dificuldades que sua empresa enfrenta agora, seja a nível operacional, seja a nível de gestão? Muitos empreendedores só resolvem buscar uma forma de lidar com esses problemas quando as dificuldades se concretizam. Apesar de não ser a melhor forma de lidar, o importante mesmo é, nesse momento, escolher a ferramenta certa.

Se você tem dificuldades em gerenciar seu estoque, fica claro que uma ferramenta de automação logística é fundamental. Agora, se você não tem conseguido fazer um pós-venda interessante, no tempo certo e que gera fidelização, então o CRM é a escolha certa. Sempre busque a solução a partir das lacunas que precisam ser preenchidas.

Qual é o impacto das ferramentas para e-commerce?

As ferramentas para e-commerce trazem a capacidade de gerir um negócio com base em informações. Assim, qualquer decisão a ser tomada será feita com toda certeza necessária. Além disso, essas ferramentas também têm tecnologia de automação, ou seja, fazem o trabalho manual para você, que só precisará monitorar os resultados logo depois.

O impacto dessas ferramentas vem de diversas maneiras, sempre muito positivo. Mostramos mais sobre esses benefícios a seguir!

Facilidade para vendas

As ferramentas impactam diretamente nos resultados de vendas do seu e-commerce. Isso porque esses softwares automatizam processos importantes e garantem que toda a estrutura operacional funcione de maneira ininterrupta. Para construir esse ambiente orientado a vendas, indiscutivelmente é importante contar com a tecnologia.

Por exemplo, um CRM vai mostrar quem são os consumidores que já tiveram mais interações com sua estratégia de marketing e conteúdo. Essas pessoas já estão no fundo do funil de conversão, prontas para comprarem a qualquer momento. A partir disso, você pode trabalhar ativamente para levar ofertas e garantir a venda que tanto espera. 

Dados para análise

Atualmente, a esmagadora maioria das ferramentas de automação para e-commerce têm módulos de analytics em sua estrutura. Isso significa que você pode monitorar todas as ações realizadas por esses softwares e entender o desempenho da campanha em dados, métricas e ainda acompanhar KPIs estratégicos que fazem sentido para seu negócio.

Há também ferramentas voltadas somente para o monitoramento de dados de campanhas e da sua loja virtual, caso do Google Analytics, a mais famosa. Com essa opção, você tem um dashboard completo e aprofundado que entrega dados dos mais diferentes níveis, sempre com a garantia de fazer um acompanhamento completo do seu negócio.

Melhora da performance

Imagine que você precisa disparar um e-mail com a campanha de Natal do ano para oferecer alguns cupons de desconto para sua base de consumidores. Você sabe o potencial dessa campanha e o quanto ela pode gerar de vendas, mas não usa ainda uma ferramenta de automação de e-mail marketing. Certamente, você não conseguirá explorar todo esse potencial.

Antes de tudo, as ferramentas ajudam marcas a ter uma performance de destaque em suas estratégias na internet, seja para disparar e-mails, seja publicar posts automaticamente. Até mesmo as ferramentas de análise de resultados são essenciais na melhora da performance, afinal, essas soluções mostram em que pontos sua empresa pode melhorar, dando base para essa otimização.

Recursos para gestão

O momento atual é a era digital, em que dados são o grande combustível das empresas e os negócios acontecem na internet. Uma boa gestão considerando esse contexto só acontece com o suporte de ferramentas que vão ajudar em cada uma das necessidades do negócio. Ou seja, quando falamos de e-commerce, é fundamental que essas ferramentas sejam digitais e com base em automação.

Quando obtidas, as soluções de marketing e gestão de e-commerce formam uma espécie de conjunto de recursos que ficam à disposição de pessoas gestoras da loja virtual. Assim, a qualquer momento, há ferramentas qualificadas para monitorar, executar tarefas e disparar contatos com a base de consumidores.

Estrutura de estoque e logística

As ferramentas de e-commerce também dão total base para um trabalho de logística de destaque, em que há a garantia de bons parâmetros sendo cumpridos. Basicamente, o trabalho começa pelo controle de estoque sendo feito de maneira automatizada, assim, a cada entrada ou saída de produto, a atualização é feita com precisão e de maneira fácil.

A logística também melhora com ajuda de plataformas que ajudam a controlar as vendas e os próximos passos a serem executados, como o preparo e o despacho. Com tudo devidamente organizado em um sistema digital, fica mais fácil cumprir com as devidas etapas e fazer com que o item chegue mais rapidamente ao consumidor.

Aumento das vendas

Todos os ganhos possibilitados pelas ferramentas de e-commerce vão levar a um lugar comum: mais vendas. Para que uma loja virtual seja um ambiente em que as conversões finais aconteçam em bom número é fundamental preparar toda a experiência para isso. Se você tem as ferramentas certas, não tenha dúvidas, as vendas são só uma consequência.

Um bom atendimento, uma logística dinâmica, uma comunicação que gera relacionamento com o público, boa leitura de oportunidades e muitas outras possibilidades são fruto do trabalho com ferramentas certas. Então, se você as usa na sua rotina de gestão e operação do negócio, as vendas vão acontecer cada vez mais.

Recuperação de carrinho

Seu e-commerce vai ficar no “quase” em alguns momentos, já que o abandono de carrinho é um problema pelo qual toda empresa vai passar. O importante mesmo é agir para que isso não seja mantido. Uma boa ferramenta de recuperação de carrinho é essencial para transformar essas oportunidades em vendas concretizadas.

Há ótimas ferramentas no mercado para dar suporte à recuperação de carrinho, automatizando contatos com pessoas que desistiram da compra no momento final. Essas soluções são essenciais e tudo funciona de maneira bem fácil, com o trabalho sendo feito todo pelo software. Tudo que você precisa fazer é configurar os disparos e monitorar os resultados.

Captura de leads

Leads são o ponto de partida para gerar uma venda. Esses contatos podem surgir mesmo sem um interesse realmente relevante por parte do consumidor, mas também cabe à sua empresa mudar isso para que essas pessoas comprem. O trabalho, portanto, começa lá no início, com a captação dos leads para que se tornem reais clientes mais à frente.

A captação de leads é também um trabalho que depende de ferramentas de marketing, como os CRMs. Com ajuda desses sistemas, você pode criar formulários e gatilhos de captação e, quando isso for feito, os contatos vão automaticamente para sua base dentro do CRM. A partir disso, começa o trabalho de envolvimento para gerar as conversões. 

Conversão de venda facilitada

Aqui, ainda falamos sobre a importância do uso de um CRM de vendas para ajudar a ter um acompanhamento de todos esses leads. Quando esses contatos começam a demonstrar interesse e avançar no funil e conversão, então se tornam o que chamamos de prospects. Daí em diante, o foco é avançar ainda mais, levando até a venda desejada.

As conversões, sejam no avanço no funil, seja na venda, concretamente, são sempre monitoradas com ajuda do CRM. Por lá, você sabe em que estágio seu consumidor está e o quão próxima essa pessoa se encontra de chegar à conversão de venda, que é o grande objetivo principal. Ou seja, é mais fácil garantir que isso aconteça.

Facilidade no atendimento ao cliente

Por fim, as ferramentas ajudam também no atendimento ao cliente e aqui, estamos falando de dois estágios: o atendimento clássico, ou seja, estar disponível para responder uma dúvida ou dar suporte em uma reclamação, e o atendimento voltado ao relacionamento. Em ambos, há soluções tecnológicas que vão ajudar.

Para o atendimento clássico, os chatbots são uma ótima solução, ao menos para agilizar o feedback e conseguir entregar respostas práticas que resolvem seu problema. No relacionamento e aproximação, assim como o pós-venda, é o CRM que ajuda a construir uma sequência de contatos e manter esse contato com os consumidores.

Quais ferramentas para e-commerce usar?

Agora, vamos ajudar você a entender as ferramentas para e-commerce necessárias para montar uma estrutura fundamental que permita alcançar grandes resultados. Acompanhe cada uma e entenda como podem ser úteis na rotina de trabalho.

1. Ferramentas de envio

As ferramentas de envio são softwares que permitem melhor direcionar o despacho da compra para uma provedora de transportes. Com essas soluções, é possível fazer o cálculo e a solicitação diretamente da plataforma de e-commerce utilizada pela loja virtual, tornando a rotina muito mais ágil e dinâmica, como deve ser.

Para que isso funcione bem, no entanto, é importante garantir que sua plataforma de e-commerce faz integração com a solução de envio escolhida. Assim, dá para fazer esse trabalho dentro do tempo certo, tudo no mesmo ambiente de administração da operação. Então, escolha uma plataforma com ampla variedade de integrações.

2. Ferramentas de pagamentos

Pagamentos são parte fundamental da experiência do consumidor e, por isso, as pessoas esperam duas coisas principais: pagar com segurança e fazer isso de maneira fácil. Portanto, os e-commerces devem estar preparados para oferecer as soluções certas para que as pessoas consigam concluir suas compras sem maiores preocupações.

Hoje, há uma grande oferta de ferramentas de pagamento para serem usadas no seu e-commerce. Isso também significa que você pode oferecer diferentes métodos, como  cartão de crédito, transferência bancária, boleto e o pix. É importante, portanto, escolher uma ferramenta de pagamento que se conecte com sua plataforma de loja virtual.

3. Ferramentas antifraude

A segurança no e-commerce é um tema muito recorrente e o motivo para isso é que as pessoas precisam compartilhar dados pessoais e financeiros quando estão fazendo essas compras. Por mais que sejam informações de alta importância, é necessário que estejam dentro dessa relação com as empresas para que as compras sejam concretizadas.

Um ambiente online seguro depende de um sistema antifraude devidamente capaz de proteger todas as transações e troca de informações feitas em um site. Portanto, é fundamental ir em busca de opções de mercado que garantam criptografia e respeitem os parâmetros de visualização de dados de acordo com os termos da LGPD.

4. Ferramentas de marketing

O marketing digital garante que sua empresa consiga se posicionar no mercado, captar atenção do seu público e realizar ações que impulsionam engajamento e vendas. Só que hoje, seria praticamente impossível cuidar de tudo sem uma boa ferramenta. Em muitos casos, você precisará até mesmo de algumas delas para realizar diferentes trabalhos.

Sem dúvidas, estamos falando de soluções totalmente automatizadas para executar tarefas operacionais sem a intervenção de ninguém, apenas com base em configurações. Entre os principais tipos de ferramenta de marketing necessárias para e-commerces estão:

  • monitoramento de KPIs e dados;
  • e-mail marketing;
  • pesquisa de palavra-chave;
  • criação de templates;
  • criação de landing pages;
  • suporte à otimização em SEO;
  • gestão de times e projetos;
  • gestão e automação para redes sociais;
  • otimização de conversão;
  • planejamento e execução de mídia paga.

5. Ferramentas de aparência

Você precisará pensar na aparência do seu site, e das mídias sociais da sua empresa, como extensão da identidade da marca que você representa. Pode parecer só um detalhe, mas é uma base essencial para o sucesso do seu negócio. Portanto, essas ferramentas vão ser de grande ajuda para criar templates e layouts para se comunicar.

Você poderá usar, entre as principais, Canvas, Photoshop, Illustrator, entre muitas outras. Nelas, poderá padronizar a comunicação da sua empresa, seja no site, seja em outros canais, como e-mails e redes sociais. Portanto, são ferramentas que fazem toda diferença na maneira como o público enxerga sua marca, literalmente!

6. Ferramentas de gestão ERP

O ERP é um dos sistemas mais importantes para a gestão empresarial existentes na atualidade. Seu papel é centralizar todas as áreas da empresa em um só ambiente digital, ou seja, em uma interface única, isso é possível porque a estrutura dessa plataforma é pensada em módulos, um para cada setor necessário de uma organização.

Em termos gerais, ERPs vão ter módulos de setores como:

  • financeiro;
  • logística;
  • marketing;
  • RH;
  • vendas;
  • contábil.

A quantidade de módulos depende da complexidade e tamanho da sua empresa, por isso, ERPs são, em sua maioria, customizáveis. Isso é ótimo do ponto de vista financeiro, já que você pode ter um ERP do tamanho que quiser, cabendo nas contas do negócio.

7. Ferramentas de recuperação de venda

As ferramentas de recuperação de venda trabalham para garantir que pessoas que passaram pelo seu e-commerce e desistiram de fazer uma venda repensem isso. Portanto, todo o trabalho aqui é baseado em encontrar essas pessoas por meio de seus e-mails e enviar sugestões para que elas se convençam da compra que desistiram de fazer.

Tudo o que você precisa fazer para que essa recuperação seja executada é configurar os disparos e mostrar à ferramenta quem você quer que seja abordado e como essa abordagem será feita. Esse suporte estratégico é o que vai garantir que os esforços para a recuperação realmente resultem em vendas.

8. Ferramentas de atendimento e operação

Por fim, as ferramentas de atendimento e operação são fundamentais. Para responder a tempo seus consumidores, ter sistemas como o ZenDesk, um dos mais conhecidos do mercado, é fundamental. Assim, você não perde tempo para entregar feedbacks e resoluções na hora que essas pessoas precisarem contar com seu trabalho.

Na parte da operação, o mais importante é ter suporte de uma boa plataforma de e-commerce que permita vasta integração com todas as ferramentas que você conheceu ao longo deste conteúdo. Isso se torna importante a partir do momento em que encaramos a parte operacional como a manutenção do site, com exceção da parte logística.

Plataforma com integração de ferramentas para e-commerce

Se você quer ter gestão e operação em alto nível, vai precisar da maioria dessas ferramentas que listamos ao longo do conteúdo. Do contrário, você terá um e-commerce cheio de bons produtos, mas as pessoas não vão conhecer sua loja, sua entrega será ruim, sua gestão financeira vai falhar e, consequentemente, seu negócio vai quebrar.

Agora, o grande desafio a ser superado é conseguir utilizar todas essas ferramentas simultaneamente e, mais do que isso, acompanhando todos os resultados do seu site. Isso é possível se você tem uma plataforma de e-commerce capaz de se integrar com dezenas de soluções, que é o caso da Simplo7.

Do marketing ao atendimento, todas as principais ferramentas que uma gestão profissional de e-commerce precisa se integram sem problemas com a Simplo7. Portanto, não vai faltar gestão de qualidade e ótimo desempenho no seu negócio. Além disso, com a Simplo7 você pode ter um serviço totalmente de acordo com suas necessidades enquanto empresa.

Curtiu conhecer melhor essas ferramentas para e-commerce ao longo do conteúdo? Certamente, muitas delas vão compor uma rotina de ótimo desempenho do seu negócio graças à maneira como cada uma pode contribuir tecnicamente.

Para combinar todas com seu e-commerce, é fundamental contar com a plataforma certa. Entre em contato com a Simplo7 e veja como podemos ajudar sua loja virtual a ter um ambiente de qualidade online.