Quando se trata de lojas virtuais, é fundamental que o empreendedor saiba como fazer uma boa gestão do e-commerce, para poder lidar com as diversas demandas diárias com sucesso sempre focando nos seus objetivos.

Se você quer aprender a como gerir corretamente o seu negócio, é só conferir este guia que preparamos com tudo que você precisa saber sobre gestão de e-commerce!

Qual a importância de ter um bom gestor no e-commerce?

O gestor do e-commerce geralmente possui as mesmas habilidades de um administrador de empresas, onde ele fica responsável por analisar e corrigir processos, treinar as pessoas e tomar decisões importantes para que o negócio continue crescendo.

É fundamental ter esse profissional no seu negócio, pois ele vai realizar a gestão de e-commerce de forma efetiva, onde ele desenvolverá algumas atividades chave para o negócio, como:

  • gerenciar as equipes e delegar funções para deixar a operação mais produtiva;
  • criar estratégias de vendas e marketing para melhorar o faturamento;
  • analisar as métricas para desenvolver estratégias que alcancem os objetivos;
  • gerenciar a plataforma da loja virtual para garantir um bom desempenho;
  • monitorar a concorrência para ver seu alcance ou pontos a desejar.

Normalmente, quem realiza a gestão de e-commerce no início é o próprio empreendedor, mas é sempre importante pensar nos investimentos a serem feitos a longo prazo e colocar a contratação desse profissional na lista.

Quais métricas precisam ser analisadas?

A gestão de e-commerce envolve o acompanhamento de diversas métricas que mostram como está a evolução do negócio e indicam os locais onde é necessário melhorar os resultados. Separamos abaixo as principais métricas que devem ser acompanhadas quando fazemos a gestão de e-commerce

Ticket médio

Essa métrica é importante porque ela indica o valor médio que cada cliente gasta no seu negócio. Com ela, você consegue ter uma noção melhor de quantos clientes são necessários para bater a sua meta de vendas.

Retorno sobre investimento

Essa é uma importante métrica na gestão de e-commerce pois ela indica a relação de um investimento feito e o resultado que ele trouxe. Com ela você consegue saber se o dinheiro sendo investido no e-commerce está trazendo resultados positivos como o aumento de lucro, produtividade ou até a redução de custos.

Custo por aquisição de clientes

Essa métrica nos indica o custo de todos os investimentos feitos para conseguir converter uma pessoa em cliente. Na gestão de e-commerce, essa métrica pode indicar se você está prejudicando ou beneficiando o seu negócio no momento de captar mais clientes.

Abandono de carrinho

É uma prática bem comum do consumidor montar um carrinho e depois abandoná-lo sem finalizar a compra. Mas no geral esse é um bom sinal porque indica que ele tem interesse. Por conta disso, é muito importante trabalhar com essa métrica, pois ela indica que tem alguma etapa do processo de compra que não está bem ajustado.

Taxa de conversão

A taxa de conversão indica quantos visitantes do seu e-commerce estão realizando alguma ação como seguir nas redes sociais ou realizar uma compra. Quanto maior for essa taxa significa que as ações de marketing da empresa estão chamando atenção do público e fazendo ele interagir com a marca.

Taxa de rejeição

Essa métrica indica a quantidade de visitantes que entram na sua loja virtual e não realizam nenhuma ação. Analisar ela é muito importante para uma gestão de e-commerce efetiva, pois ela pode indicar problemas no desempenho do site, ou na comunicação.

Taxa de aprovação de pedidos

A taxa de aprovação dos pedidos mostra a média dos pedidos feitos que realmente foram pagos e concluídos. Se essa taxa estiver muito alta, vale a pena dar uma revisada nos pedidos ou criar alguma mensagem para lembrar o cliente de pagar pelo produto.

Quais são os maiores erros da gestão de e-commerce?

Enquanto fazemos a gestão de e-commerce podemos acabar cometendo alguns erros no caminho que nos impedem de atingir bons resultados com o negócio. Para evitar cometê-los na sua loja virtual, confira abaixo os erros que afetam a gestão de e-commerce.

1. Não criar um plano de negócios

Um plano de negócios é o responsável por nos indicar o caminho que a loja virtual deverá percorrer para atingir seus objetivos. Sem esse planejamento, muitos empreendedores acabam falhando com seus negócios e causando prejuízos. Por isso defina muito bem seus objetivos, atuação no mercado e perfil dos clientes para ter uma orientação no começo.

2. Utilizar uma plataforma incompatível

Escolher a plataforma do seu e-commerce é uma etapa essencial e deve ser feita com cuidado. A escolha errada pode provocar erros prejudiciais como vazamento de dados ou baixo desempenho. Para fazer essa escolha, busque primeiro listar aquilo que você precisa ter no e-commerce para encontrar a melhor solução.

3. Oferecer poucas opções de pagamento

Deixar de oferecer alguma forma de pagamento comum no mercado, pode ser o que impede que o seu negócio realize mais vendas, portanto sempre tente diversificar nesse quesito e oferecer diversas formas de pagamento para seu cliente poder realizar as compras com tranquilidade.

4. Não investir em medidas que aumentam a credibilidade do site

Antes de realizar uma compra, os consumidores sempre vão pesquisar sobre sua loja na internet para ver a experiência que outras pessoas tiveram. Por isso, se atente ao que seu público fala do seu negócio, e se encontrar alguma reação negativa, busque tentar resolver o problema e mostrar que se importa com seus clientes.

5. Ter um back office pouco eficiente

O back office representa todo o processo interno que ocorre depois que um pedido é finalizado e abrange atividades de aprovação de pagamento, emissão de nota fiscal e processo de entrega. No momento de realizar a gestão de e-commerce, é fundamental que todos esses processos estejam bem alinhados entre as equipes para evitar problemas com a entrega.

O que é preciso para fazer a gestão de e-commerce?

Para realizar uma gestão de e-commerce efetiva, é importante se atentar a algumas atividades que devem ser feitas no negócio, para que ele funcione corretamente e traga os resultados esperados. Conheça algumas delas abaixo.

Identifique os erros de um empreendimento

Entender o que é e-commerce e abrir um é relativamente fácil. O desafio principal é mantê-lo e isso só será possível com uma boa gestão de e-commerce. Para isso acontecer é essencial conhecer os motivos que levam um negócio ao fracasso e saber identificá-los no seu negócio.

Cultive as características de um empreendedor

Um bom empreendedor precisa ser esforçado, dedicado e persistente.Para estimular esses atributos, pode ser interessante participar de cursos e capacitações destinadas a empreendedores, onde além de novas informações, você poderá trocar experiências e fazer networking.

Elabore um plano de negócios

O plano de negócios é uma forma de estabelecer as diretrizes da sua empresa. É com ele que definimos quais são os clientes ideais, os concorrentes diretos e indiretos, o mix de produtos a ser trabalhado e as estratégias que serão adequadas à sua empresa.

Defina metas e políticas de gestão

Um negócio sem metas é um negócio sem direção definida. Traçar os objetivos do seu negócio é o que dará uma orientação para as suas atividades e o ajudará a alcançar os resultados almejados. Além disso, também é importante definir as políticas do seu negócio, como os prazos, a forma de envio e as políticas de trocas. Lembre-se de que essas políticas são fundamentais para a fidelização do cliente.

Conheça seu cliente

Conhecer o seu cliente é muito importante na hora de fazer a gestão de e-commerce, pois você precisa encantá-lo e criar uma relação especial com ele. Para fazer isso, o ideal é que você saiba tudo sobre o seu cliente ideal, o que inclui a sua cultura, classe social, preferências, entre outros atributos. Ao saber disso, você poderá se comunicar com ele de uma forma mais personalizada.

Planeje a interface de sua loja virtual

Como a interface entre a empresa e o usuário se concentra no site, é necessário que ele ofereça de forma simples e clara o que o cliente deseja. Você deve pensar em uma organização dos produtos de forma que o consumidor não tenha barreiras para decidir o que comprar, além de manter um visual que transmita segurança e confiança para ele realizar as compras.

Controle o estoque

Como uma loja virtual pode ser acessada a qualquer horário, é importante fazer uma boa gestão do estoque, para que o seu cliente não tenha que passar pela frustração de comprar um produto e depois descobrir que ele não está disponível. Para isso, pode ser interessante utilizar um sistema destinado a gestão do estoque, para que ele mostre de forma automática os produtos disponíveis.

Defina canais de comunicação com o cliente

Os canais que você utilizará para se comunicar com o seu cliente devem ser locais em que ele pode encontrar facilmente a sua loja. O consumidor precisa sentir que do outro lado tem uma pessoa que poderá auxiliá-lo caso seja necessário. 

Escolha uma plataforma eficiente

A decisão sobre qual plataforma utilizar é uma variável determinante para o seu negócio. Se você quer que sua empresa cresça, deve optar por uma plataforma flexível, que acompanhe o seu crescimento oferecendo mais serviços para você e sendo mais profissional.

Invista em conhecimento

Neste mercado, o que funciona hoje pode não funcionar amanhã, então para quem deseja alcançar os melhores resultados e estar à frente da concorrência, investir na aquisição de conhecimento é uma prática altamente recomendada.

Melhore a jornada do consumidor

A jornada do consumidor envolve toda a experiência que ele tem com a sua loja virtual, e ela precisa ser constantemente aperfeiçoada para se assemelhar à realidade do consumidor. Dessa forma, o seu negócio conseguirá influenciar o comportamento dele para torná-lo um cliente fiel.

Busque parceiros

As parcerias sempre vão representar um acréscimo significativo em questões como aumento do portfólio, melhoria da capacidade de entrega e, principalmente, melhorias na forma de atuação, em especial no que se refere à gestão.

Esteja atento às inovações

O mercado do e-commerce está em constante evolução, onde a todo momento o empreendedor precisa lidar com novas práticas que surgem para que ele possa adaptar o seu negócio às mudanças que aparecem e assim se posicionar bem no mercado.

Como fazer a gestão de e-commerce?

Para fazer uma boa gestão de e-commerce é necessário passar por algumas etapas essenciais que vão definir os objetivos, tarefas e rotinas de acompanhamento de resultados. Abaixo detalhamos melhor essas etapas.

Definir as metas de cada setor

A gestão de e-commerce compreende o gerenciamento de alguns setores principais como o financeiro, marketing, vendas entre outros. Mas, para que os setores entreguem bons resultados, eles precisam trabalhar com objetivos a serem alcançados de forma que o negócio consiga atingir seus resultados. Portanto, o primeiro passo é definir as metas de cada setor.

Crie uma rotina de acompanhamento de métricas

Com cada setor possuindo seus objetivos, chegou o momento de você acompanhar as principais métricas relacionadas às metas definidas. Essa etapa é essencial pois é a partir dela que você poderá ver se os resultados estão sendo alcançados e como está sendo o desempenho de cada setor do seu e-commerce.

Desenvolva estratégias de otimização

Enquanto você for acompanhando as principais métricas relacionadas aos setores do seu e-commerce, você poderá ver o desempenho de cada uma e criar estratégias para fazer com que os resultados do setor melhorem de forma a otimizar os resultados do seu negócio.

Quais ferramentas usar para gestão do e-commerce?

Uma gestão de e-commerce efetiva precisa ter ao seu lado ferramentas que o ajudem a acompanhar todas as métricas e que permitam a implantação das suas estratégias de melhoria do negócio.

Para isso, a Simplo 7 pode auxiliar você no momento de realizar a gestão do seu e-commerce pois temos diversos recursos para oferecer ao seu negócio, como:

  • personalização do layout da sua loja virtual;
  • diversas integrações para diversificar suas formas de pagamento;
  • funcionalidades exclusivas de marketing para atrair seu público;
  • e muito mais!

Conheça todos os nossos recursos e veja como a nossa solução de loja virtual atende ao seu negócio!