Muitos brasileiros sonham em iniciar seu próprio negócio e enxergam nas vendas online uma excelente oportunidade para alcançar esse sonho. As dúvidas, no entanto, crescem em paralelo com o desejo de empreender e, muitos vendedores acabam se questionando se vale a pena abrir uma loja virtual. 

É fato que os números do e-commerce no Brasil seguem em larga expansão, mas também é preciso saber que para iniciar um e-commerce é necessário bastante estudo e planejamento. Caso contrário, o futuro empreendedor corre o risco de quebrar antes mesmo de solidificar sua marca no mercado. 

Pensando nisso, elaboramos esse material que vai te auxiliar a entender quando vale a pena começar sua loja virtual e o que você precisa saber para se tornar um empreendedor digital. Acompanhe!

É melhor iniciar as vendas pelo Instagram ou abrir uma loja virtual?

Os empreendedores que estão iniciando suas vendas online podem preferir começar através das redes sociais, como o Instagram por exemplo, como uma forma de testar sua performance em vendas. Isso porque vender através das redes sociais, além de não gerar nenhum custo, já é uma prática aceita por alguns consumidores online. 

No entanto, antes de mais nada, é preciso saber que uma ação não invalida a outra. 

Abrir uma loja virtual, não impede o empreendedor de continuar, ou também iniciar, as vendas através do Instagram, em paralelo. Aliás, é até mesmo, uma prática interessante para e-commerce

Atuar em mais de um canal de vendas, amplia as possibilidades do lojista, principalmente no início da operação. Ambos os canais têm vantagens e desvantagens relacionadas à rotina operacional, portanto, um pode complementar o outro.

De todo modo, vale a pena abrir uma loja virtual caso você deseje profissionalizar seu e-commerce e transformá-lo em uma empresa estruturada.  

É necessário validar o produto antes de abrir uma loja virtual?

Validar um produto antes de lançá-lo ao mercado, é sempre uma boa tática comercial para testar sua performance em vendas, aceitação do público, entre outras questões que são relevantes para quem deseja iniciar um negócio que se torne sólido e próspero. 

Todavia, a validação de produto não é imperativa para que você inicie suas vendas pela internet. É bem possível começar a vender sem passar pela fase de validação, principalmente para o caso de você escolher trabalhar com um nicho de mercado que já esteja aquecido. 

A validação de produto é uma prática complementar, que tem como objetivo estabelecer uma estrutura mais sólida para as estratégias de marketing e vendas que serão adotadas por determinada empresa. 

Desta forma, trata-se de uma ação que deve ser praticada por aqueles empreendedores que desejam criar um negócio de longo prazo, e que venha a tomar um porte maior e mais profissional ao longo do tempo. 

Quando vale a pena abrir uma loja virtual? 

Podemos dizer que na maior parte dos casos, criar um e-commerce e vender pela internet é uma excelente ideia. No entanto, você deve estar disposto a trabalhar! A liberdade financeira e a flexibilidade de horários vêm acompanhadas de muitas funções essenciais para o negócio deslanchar. 

Além disso, precisamos ponderar que para o negócio digital valer a pena é fundamental criar uma loja inovadora e que seja diferente da concorrência. Caso o contrário, você estará investindo o seu dinheiro numa modalidade que não tem potencial para se destacar, o que é um grande erro. 

Também é importante que você não invista por impulso. Para ter uma boa loja virtual, é preciso estudar e ir atrás de conhecimento sobre o seu produto, segmento e público-alvo. Por isso, recomenda-se que todo empreendedor faça um plano de negócios

Esse estudo dará insumos para que você compreenda os pontos fortes e fracos do seu negócio, podendo prever erros antes mesmo de ir para o mercado. Tudo isso poupará tempo e dinheiro, lhe deixando mais perto do sucesso que tanto espera. 

Quais as vantagens e desvantagens de ter uma loja virtual? 

Como qualquer outra modalidade de vendas, as lojas virtuais têm pontos positivos e negativos que devem ser ponderados na hora de optar pelo negócio. Tenha em mente que o comércio eletrônico tem uma estrutura bastante diferente do comércio tradicional, o que exige flexibilidade e adaptação por parte dos empreendedores que entrarem nesse mercado.

A melhor maneira de explicarmos se loja virtual vale a pena é apresentando os pontos altos e baixos da modalidade. Assim você conseguirá avaliar por conta própria e saber se esse tipo de vendas vai de encontro com o que você procura. Veja a seguir, as principais vantagens e desvantagens das lojas virtuais:

Vantagens

As vantagens de uma loja virtual são várias. Não à toa, o segmento tem crescido cada vez mais no Brasil. Mas em especial àqueles que desejam começar a empreender e desenvolver um negócio sólido, as vantagens de abrir uma loja virtual são particularmente atrativas.

Menor investimento inicial

A começar, quando comparada a uma loja física, a loja virtual exige um investimento inicial bastante inferior. Isso porque não são necessários gastos como aluguel de ponto comercial, água, luz, mobília, vendedores e todas as demais questões vinculadas a uma loja física.

Menores preços 

Por consequência, com menores investimentos, é possível oferecer preços de venda abaixo dos praticados pelas lojas físicas. E essa não se trata de uma vantagem apenas para os clientes, os lojistas também colhem os bons frutos de poder oferecer preços mais acessíveis. 

A começar que, inevitavelmente, o preço menor é o que faz muitos clientes preferirem comprar de uma loja virtual. Desta forma, o e-commerce torna-se um investimento com demanda garantida. 

Acompanhamento de vendas e resultados

Quando pensamos a respeito do acompanhamento e gestão dos resultados do e-commerce, também conseguimos perceber a vantagem de abrir uma loja virtual.

Em comparação com vendas efetuadas através das redes sociais, por exemplo, a loja virtual oferece muito mais ferramentas de análise e acompanhamento de resultados, o que, além de facilitar a rotina do empreendedor, também auxilia a traçar estratégias mais sólidas de expansão. 

Maior confiança para os clientes

Abrir uma loja virtual também ajuda sua marca a transmitir mais confiança para os clientes. Um site próprio transparece mais autoridade e profissionalismo o que, por sua vez, pode aumentar as vendas

Mais uma vez, quando comparamos uma loja virtual com vendas através das redes sociais, por exemplo, podemos dizer que a primeira opção está mais alinhada a uma empresa sólida

Desvantagens

Abrir uma loja virtual também pode apresentar algumas desvantagens para os empreendedores, dependendo do tipo de negócio que desejam estabelecer. A seguir, apresentamos algumas delas: 

Custo com aluguel de plataforma 

Uma loja virtual demanda investimento na criação de um site ou aluguel de plataforma. Ainda que, quando comparada a uma loja física, esse investimento seja menor.

Desta forma, essa pode ser considerada uma desvantagem para alguns empreendedores que não tenham disponibilidade para investir.

Ausência de vendedores

Outra desvantagem de uma loja virtual é a ausência de vendedores para guiar os clientes. Esse fator contribui, de certa forma, com a desistência da compra em algumas situações, pois os consumidores podem desistir de adquirir um produto apenas pelo fato de terem alguma dúvida ou receio sobre ele – o que poderia ser sanado facilmente por um vendedor. 

Maior necessidade de divulgação 

Ter um site próprio para sua marca é bastante importante, mas é preciso que ele seja encontrado por sua audiência. Nesse sentido, vender através das redes sociais ou marketplaces pode ter um processo de divulgação mais simplificado. 

Em ambientes virtuais que já possuem alto tráfego de usuários, a divulgação de seus produtos acaba sendo favorecida pelos acessos que as plataformas têm e, consequentemente, exige menos esforços em marketing e divulgação. 

Quando falamos em uma loja virtual exclusiva da sua marca, é preciso mais estratégias de marketing para atrair acessos ao seu site, e isso pode ser considerado uma desvantagem para alguns empreendedores. 

O que uma loja virtual precisa ter para começar?

Uma loja virtual precisa de algumas ferramentas que são essenciais tanto para seu funcionamento, quanto para sua boa performance. Sendo assim, estando a par de quais funcionalidades são imprescindíveis, o empreendedor consegue escolher qual plataforma mais se adequa às necessidades de seu e-commerce, de maneira estratégica e precisa. 

A seguir, relacionamos os principais itens necessários para o funcionamento de uma loja virtual. Acompanhe e atente-se a eles para escolher a sua.

Quantidade mínima de produtos disponível

Independente do nicho em que sua empresa atue, é importante que você comercialize uma certa quantidade de itens. Um catálogo diversificado amplia seus rendimentos, seu público e sua área de atuação. 

A plataforma de loja virtual escolhida para sediar seu e-commerce deve, portanto, seguir esse fluxo e oferecer a possibilidade de cadastro de uma boa quantidade de itens. Mesmo para os e-commerces em início de operação. 

Desta forma, ao pesquisar por empresas que oferecem aluguel de plataformas de e-commerce, verifique qual é a quantidade mínima de produtos que poderão ser cadastrados em sua loja virtual. 

Esse tópico pode não parecer relevante inicialmente, porém, conforme seu negócio for expandindo, você sentirá falta de uma capacidade mais robusta para seu site.E, neste caso, realizar uma migração posterior de plataformas pode ser arriscado para os dados de sua empresa e de seus clientes. 

Domínio próprio

O domínio de seu site é seu endereço na web, e esse endereço, por sua vez, equivale ao “local” virtual onde os consumidores encontram sua marca e seus produtos.

Sendo assim, o domínio de seu site não pode ser semelhante a outro já existente, pois isso confunde os usuários e compromete a estruturação da marca no mercado. 

Na internet,como não existe o apelo do produto físico, exposto para apreciação, todos os fatores visuais devem ser marcantes e mostrarem a identidade de seu negócio. Não é diferente no que diz respeito ao nome da marca e, claro, do site. 

Um dos fatores essenciais para sua loja virtual, é que ela tenha domínio próprio e exclusivo. E uma boa plataforma de e-commerce pode disponibilizar esse tipo de recurso para seu negócio, atente-se a isso ao pesquisar. 

SSL Grátis

A sigla SSL significa Secure Socket Layer e equivale aos níveis de segurança de dados oferecidos pelo seu site. Quando falamos em uma loja virtual, não podemos nunca esquecer que este ambiente digital deve ser munido de extrema segurança, tanto para os clientes, quanto para os próprios lojistas. 

Como são efetuadas operações financeiras através de dados pessoais importantes, o site de sua loja virtual deve ter proteção ativada e estar sempre criptografado e prevenido quanto a possíveis fraudes e invasões. 

Falhas de segurança podem trazer prejuízos e afetar a credibilidade de seu e-commerce. Neste caso, é melhor optar por uma plataforma que já se comprometa com esse fator. 

Algumas lojas virtuais do mercado já oferecem esse tipo de proteção inclusa nos planos comercializados. Verifique se seu fornecedor possui esse recurso, antes de fechar negócio. 

Serviços de um intermediador de pagamento

Na internet, o consumidor percorre toda a jornada de compras sozinho. Essa jornada inicia-se no momento em que ele busca pelo produto que precisa, até a finalização da compra e pagamento

Dentro dessa jornada, existem diversos fatores que podem desmotivar o cliente a prosseguir com o processo. Esses fatores são compostos, muitas vezes, por detalhes estratégicos que não foram observados anteriormente pelo lojista.  

Um exemplo disso, é o caso de o cliente precisar acessar diversos sites diferentes para finalizar a compra. Conduzir o consumidor através de um único ambiente virtual é o mais indicado para os empreendedores digitais. 

Deste modo, trabalhando com uma plataforma que esteja preparada para intermediar o pagamento, faz com que seu cliente não precise sair do site para fazê-lo e esse detalhe, pode auxiliar muito sua performance em vendas. 

Layout limpo e que passe credibilidade

Ainda sobre os detalhes que compõem a jornada de compra do consumidor na internet, é fundamental entender como o visual de seu site pode influenciá-la. Será, basicamente, a sua identidade visual que transmitirá segurança e credibilidade para o consumidor durante a pesquisa e navegação no site.

E isso ocorre, através de um layout limpo, claro e de fácil navegação. Um layout que auxilie o cliente em sua jornada, apresentando sempre os próximos passos a serem seguidos. 

Sua loja virtual deve ter uma aparência profissional e segura, pois isso motiva os consumidores a optarem por comprar de você, e não da concorrência. 

Navegar por um site mal desenhado e com visual amador, faz com que os clientes desconfiem da idoneidade da loja e dos produtos, por melhor que seja seu serviço. Portanto, opte também pelas plataformas que oferecem layout profissional e limpo. 

Sistema de segurança

Conforme vimos anteriormente, vale a pena abrir uma loja virtual caso você pretenda seguir com uma marca sólida no mercado. E a configuração de seu e-commerce deve seguir os melhores parâmetros de segurança disponíveis no mercado, assim como é praticado pelos grandes players. 

Um site de compras, lida com informações extremamente importantes relacionadas aos clientes e, também, à própria empresa. No site estão contidos todos os números de seu negócio, números estes, fundamentais para a gestão do e-commerce. 

Desta forma, preocupar-se em relação à segurança do site se torna fundamental para sua operação. Verifique se as plataformas que está pesquisando oferecem sistemas de segurança integrados, como funcionam esses sistemas e quais são eles. 

Sistema de logística para envio e rastreio da encomenda

Engana-se quem pensa que a venda efetivada é a etapa final do e-commerce. Isso porque, por mais que você já tenha conseguido a esperada conversão e o pagamento já tenha sido feito, o cliente deve receber adequadamente o produto adquirido para que sua loja tenha sucesso. 

É justamente por isso que o acompanhamento do processo de entrega se faz fundamental na gestão de um e-commerce. Contar com uma plataforma que ajude nesse monitoramento, é importante para manter a organização dessa área do e-commerce. 

Quando estiver buscando pela plataforma de loja virtual ideal, verifique se ela disponibiliza a integração com sistemas de logística, como o dos Correios ou demais transportadoras. Conforme sua demanda for aumentando, você sentirá a importância desse tipo de integração. 

Recursos de marketing e SEO

Criar uma loja virtual profissional e lançá-la na web é apenas o primeiro passo para iniciar sua empresa digital. Após esse processo de desenvolvimento, é extremamente necessário que seu site seja encontrado e visualizado por quem busca pelos produtos ou serviços que você comercializa. 

A internet é um ambiente virtual imenso. Desenvolver seu site sem nenhuma estratégia de marketing, deixará sua loja virtual à deriva na rede, sem ser vista, tampouco acessada. Para que seus produtos cheguem aos consumidores, você precisa contar com recursos de marketing digital e otimização de SEO. 

Sendo assim, escolher uma plataforma que ofereça esse tipo de recurso pode ser a diferença crucial entre uma boa e uma má performance de sua loja na internet. Procure sempre optar por plataformas que estejam preparadas para otimizar sua loja virtual para os principais mecanismos de busca. 

Integração com ferramentas de análise

A gestão de uma loja virtual é diferente de uma loja física. Os números e dados de um e-commerce são mensurados e analisados através da quantidade de visitas no site, alcance das estratégias de marketing e acompanhamento da jornada percorrida pelo consumidor até a finalização da compra. 

Criar sua loja virtual em uma plataforma onde não existe a possibilidade de armazenar e consultar esses números periodicamente, atrapalha muito a gestão de seu e-commerce. É como se o empreendedor ficasse “no escuro”, sem ter condições de analisar a performance de sua loja virtual. 

Por isso, um dos critérios a ser verificado quando se está buscando pela sua plataforma de e-commerce, é, sem dúvidas, a possibilidade de integração com as principais ferramentas de análise. Optar por uma plataforma que não disponibilize esse recurso, poderá lhe trazer sérios problemas de gestão.  

Integração com sistema de gestão SERP

Ainda sobre a gestão de seu e-commerce, é preciso entender que relatórios e análise de dados são uma constante na rotina dos empreendedores digitais. Sendo assim, além das integrações com ferramentas de análise, é importante também que ela seja integrada aos principais sistemas de gestão, como ERPs. 

Você precisará estar sempre atualizado a respeito do tráfego de seu site, quantidade de pedidos pendentes, pedidos entregues, balanços financeiros, entre as diversas outras questões gerenciais de sua empresa. 

Trabalhar com uma loja virtual que esteja integrada a sistemas de gestão, facilita o acesso do empreendedor a esses números e dados, para que mantenha sua operação sempre sob controle

Recuperação de venda

Na loja virtual, existe uma prática dos consumidores a qual chama-se ‘abandono de carrinho’. O abandono de carrinho é quando o consumidor percorreu toda a jornada de compra, colocou o produto desejado no carrinho virtual, mas não finalizou o processo

As razões pelas quais os clientes abandonam o carrinho variam bastante, mas o essencial aqui é que o lojista esteja ciente desses números para conseguir reverter essas vendas. 

Isso significa que, tendo as informações necessárias a respeito dos abandonos de carrinho que estão ocorrendo em sua loja virtual, o lojista pode traçar as ações de marketing corretas para impactar novamente esses clientes. 

Essa é outra ferramenta que uma boa plataforma de loja virtual é capaz de oferecer àqueles que estão começando um e-commerce. 

Ferramentas de atendimento

Na loja virtual não existe um vendedor à disposição do cliente para tirar suas dúvidas a respeito do produto desejado, ou então, para lhe informar sobre suas vantagens. E este pode ser um impedimento para que o cliente efetive a compra de um item, quando tiver algum tipo de insegurança sobre ele. 

Neste sentido, disponibilizar ferramentas de atendimento em sua loja virtual, é essencial para aumentar as conversões de seu e-commerce. Quando o cliente estiver navegando em seu site e tiver algum tipo de dúvidas, ter à disposição a possibilidade de ser atendido é um grande diferencial para o comércio online. 

Procure sempre por plataformas onde seja possível esse tipo de ferramenta

Esperamos que nosso artigo tenha ajudado a entender quando vale a pena iniciar uma loja virtual e de que forma esse investimento pode expandir seu e-commerce ou, então, servir como alavanca para um novo negócio. 

Empreender pela internet pode ser uma ótima forma de adquirir renda extra ou então, começar uma empresa com estrutura que venha a crescer com o passar do tempo. Portanto, ao optar por abrir uma loja virtual, certifique-se sempre de que o fornecedor escolhido poderá abrigar seu e-commerce desde o princípio das operações, até uma futura expansão. 

Recomendamos que leia também sobre o comportamento do consumidor online, para que possa definir estratégias de venda eficazes e assertivas para seu público. Até a próxima!