Quando falamos em vendas, a loja virtual funciona como um dos principais canais dos negócios. É ali que toda a organização é estabelecida para então vender em outros canais como redes sociais, marketplaces e até mesmo ponto em loja física. 

Para que a gestão da loja ocorra de maneira integrada, um ERP online e com armazenamento em nuvem funciona para que os processos se mantenham atualizados e também para que a gestão seja facilitada. 

Neste artigo, vamos abordar algumas estratégias importantes para o gerenciamento da sua loja virtual. Confira!

O que é e como funciona uma loja virtual

Antes de mais nada, é preciso entender o que é e como funciona uma loja online. A loja virtual é um site onde empreendedores divulgam seus produtos e/ou serviços para que pessoas que estão interessadas nesta demanda realizem suas compras on-line, através de um ambiente digital e recebam a sua compra em casa, sem precisar sair para escolher e realizar o ato de comprar.

Existem, por exemplo, diversos modelos no mercado que servem como plataformas que conectam vendedores e consumidores. E, quando falamos de lojas onlines, podemos associá-las a um e-commerce ou comércio eletrônico que, como o próprio nome diz, são vendas realizadas através do ambiente digital. 

Temos ainda modelos de e-commerces que emprestam seu espaço para divulgação de produtos ou serviços de outras pessoas. Para esse tipo de comércio, chamamos marketplace. E sabe o que eles têm em comum?  Todos vendem produtos ou serviços por meio de suas plataformas web.

Por que abrir uma loja virtual?

Ter uma loja virtual é primeiramente ter a oportunidade de levar o seu produto e/ou serviço para milhares de pessoas. Através das lojas online é possível viajar por cidades, estados e até mesmo países comercializando o que você tem de melhor.

E se isso não for uma justificativa para você ter o seu negócio no mundo digital, temos algumas informações a complementar, como por exemplo: o crescimento do  modelo de vendas através de e-commerce que já tornou-se um dos formatos de comércio preferido pelos brasileiros.

E mais: ter uma loja online traz benefícios, tanto  para você e principalmente para a sua empresa. Uma dessas vantagens é a comodidade a não ter a necessidade de locomoção, tanto de quem vende quanto para quem compra, pois todo o processo é feito virtualmente através de um celular ou computador.

Outra vantagem importante dos e-commerces é o investimento que, para o abrir o seu comércio digital, não necessita de uma grande quantia em dinheiro. Ou seja, enquanto em uma loja física se faz necessário a escolha de uma boa localização, pagamento de aluguel e etc, com a sua loja online você não precisa se preocupar com esses custos.

Para criar uma loja digital os gastos serão divididos em 3 fatores: registro de um domínio, uma hospedagem de sites ou plataforma de e-commerce.

O processo de vendas no e-commerce: 

No e-commerce, as vendas se dão de diversas maneiras, através de diversos canais. Isso faz parte de uma estratégia multicanal, que é quando o lojista opta por vender em mais do que um canal ao mesmo tempo. 

É possível vender apenas na loja virtual ou em algum marketplace, mas estar presente em diversos canais é uma forma de aumentar a presença digital do negócio, acompanhando a tendência de compra do cliente, e consequentemente aumentando as vendas. 

A venda no e-commerce envolve desde o cadastro dos produtos, a criação de anúncios, a pesquisa e a finalização da compra até a entrega do produto ao cliente. 

Confira algumas estratégias para melhor gerenciamento da loja virtual: 

Como vimos, o processo da venda no e-commerce é longo, por isso, é importante alguns cuidados a fim de manter a experiência do cliente positiva do início ao fim. Separamos algumas dicas para a gestão da sua loja virtual: 

  1. Organização: Manter o controle das atividades e dos setores do negócio é fundamental. Gestão de estoque, pedidos e entregas devem ser feitas de maneira efetiva. Um ERP é fundamental para sincronizar os dados e permitir que a organização seja um fator crucial para vender mais. O resultado de um negócio que não mantém a organização é uma crise financeira e falta de conhecimento dentro do próprio negócio. 
  1. Não aposte tudo em um único produto ou único canal: Mesmo que o seu negócio seja de venda de um produto específico, varie nos canais de venda para buscar públicos diferentes. Se há a opção de vender produtos variados, também é uma estratégia inteligente para dar mais opções ao seu público. 
  1. Monitore os resultados: Tão importante quanto criar o ambiente de vendas, é visualizar os resultados e assim ter uma visão mais ampla sobre o negócio. Além das vendas, outros números são importantes de avaliar no e-commerce, como o número de visitas, o tempo médio em que o visitante permanece na página, quais os itens mais procurados, etc. Metrificar os resultados é fundamental para criar novas estratégias a partir disso. O fluxo de vendas também deve ser analisado para que possa ser melhorado e o lojista entenda quais produtos deve apostar para expandir a sua atuação no mercado. 
  1. Controle o setor financeiro: Para investir mais é preciso ter um fluxo de caixa suficiente e também uma reserva para casos de emergências. O controle da gestão financeira é fundamental para planejar e obter melhor margem de lucro nas suas vendas. Sempre que optar por uma campanha com benefícios, como frete grátis ou descontos, é preciso analisar se mesmo assim a operação consegue se manter com margem para o lucro. Neste caso, o ERP também é uma ótima solução. 
  1. Dê escolhas ao seu cliente: Cada vez mais o cliente preza por fazer as próprias escolhas e tomar as próprias decisões durante as suas compras. Por isso, sempre que puder deixar a escolha nas mãos dele na sua loja virtual, é uma estratégia importante para que ele fique confortável em decidir o que melhor se encaixa para ele. Por exemplo: prazo de entrega (mais caro e mais rápido, mais demorado e mais barato), parcelamento e opções de pagamento. 

Gestão integrada para vender mais na sua loja online

Além das dicas, é importante pensar na gestão do negócio de maneira integrada. Através de um sistema de gestão é possível manter toda a organização em uma plataforma única enquanto vende em múltiplos canais, sem perder a organização e visão do seu negócio.

 Através da ferramenta, é possível controlar o estoque, as finanças, emitir boletos e notas fiscais e ainda integrar aos canais de venda e aos parceiros de logística. A jornada de compra fica totalmente integrada e descomplicada para quem está gerindo o negócio. 

O futuro do seu negócio depende de pequenas ações para que se possa escalonar as vendas e ganhar cada vez públicos maiores. 
Se ainda não é cliente Bling, faça um teste grátis por 3 meses utilizando o cupom #simplo7 e gerencie seu negócio de maneira qualificada e sem complicação. Através do ERP integrado, os setores permanecem integrados e as vendas ocorrem com maior fluidez.