Quem gerencia uma loja virtual sabe que precisa cuidar de diversas áreas diferentes para fazer o negócio crescer. O empreendedor precisa conhecer um pouco de todas elas, para que possam trabalhar em sincronia, a fim de atingir um objetivo em comum.

Uma dessas áreas é a parte da logística, que envolve a entrega dos pedidos feitos na loja virtual, e que deve ser tratada com muita atenção, porque é uma área que mantém contato constante com o cliente.

A loja virtual que não consegue desenvolver bons procedimentos de logística, pode acabar impactando negativamente suas entregas, que podem chegar atrasadas, danificadas ou, nos piores dos casos, nem chegar até o endereço do cliente.

Tudo isso acaba gerando muita frustração e falta de confiança do público na sua loja, que pode compartilhar essa experiência ruim com outras pessoas, fazendo com que a imagem do negócio no mercado fique negativa.

Para evitar que esse cenário ocorra na sua loja virtual, é necessário que você cuide melhor da sua logística, e implemente formas de entrega que sejam qualificadas para realizar esse trabalho. Se você quer aprender como fazer isso na sua loja virtual, é só continuar lendo este artigo que preparamos com muitas dicas para você oferecer o melhor ao seu cliente!

As formas de entrega impactam nas vendas?

Um dos principais medos que os clientes têm quando vão realizar compras online é o de não receber o produto adquirido, e acabar perdendo o dinheiro que investiu para fazer a compra.

Existem muitas lojas virtuais por aí que aplicam esse tipo de golpe, onde elas anunciam produtos por um preço muito baixo, prometendo diversos benefícios ao consumidor, que acaba caindo e comprando nesta loja. Mas depois, ela acaba não enviando o produto e muitas vezes sumindo da internet após o golpe ser aplicado.

Por conta disso, as pessoas pesquisam muito sobre uma loja virtual antes de comprar dela, porque querem saber se ela é confiável, e se realiza as entregas corretamente, no prazo certo e, principalmente, por um bom preço.

Mas, mesmo realizando as entregas corretamente, os clientes ainda podem ficar desconfiados, ou simplesmente escolher não comprar da sua loja caso o valor do frete seja muito alto ou o prazo de entrega seja muito extenso.

Esses detalhes acabam impactando diretamente nas vendas, pois podem fazer com que o cliente acabe desistindo de comprar na sua loja virtual, e prefira ir atrás do concorrente que oferece condições de entrega melhores.

Por conta disso, é fundamental que o lojista pense em oferecer formas de entrega que agradem o seu cliente. Você pode tentar conhecer melhor o seu público para identificar a forma que ele gosta que as entregas sejam feitas, e assim descobrir se é melhor um prazo mais rápido, ou se isso não é importante desde que o frete seja grátis ou barato.

Ao identificar as necessidades e desejos do seu cliente fica mais fácil para você otimizar sua logística de forma que ele fique satisfeito com o serviço, e volte a realizar mais compras na sua loja virtual.

Quais são as melhores formas de entrega para loja virtual?

Existem diversas formas de entrega que o lojista pode escolher para implantar na sua loja virtual. Por mais que os Correios seja a opção mais conhecida e utilizada pelas lojas, também existem outros meios que podem ser até melhores que essa modalidade.

A seguir separamos algumas modalidades de envio de pedidos que a sua loja virtual pode estudar mais para implantar no seu negócio, e assim criar uma ótima experiência de entrega para seus clientes além de conseguir aumentar suas vendas!

1. Correios

O serviço de entrega dos Correios é o mais utilizado pelos lojistas por estar muito consolidado no mercado e os clientes terem mais confiança na entrega oferecida. Eles oferecem diversos formatos de entrega, como o PAC e o SEDEX, que se diferenciam pelo tempo levado para realizar o envio.

Para trabalhar com eles você pode simplesmente ir até uma agência próxima e realizar o envio de acordo com as diretrizes deles, ou pode firmar um contrato com os Correios, que garante alguns descontos nos valores do frete pagos na agência, onde você pode pagar todos os envios por meio de uma fatura mensal.

2. Transportadoras

As transportadoras também são uma opção interessante para realizar o envio. Como elas são empresas privadas, muitas vezes podem oferecer opções diferenciadas e mais inovadoras de entrega para as lojas virtuais.

Na hora de contratar uma transportadora, é fundamental conhecer a forma que ela utiliza para cobrar o frete. Diferente dos Correios que utiliza o peso e dimensões da entrega, as transportadoras podem utilizar outros fatores como pedágios, tributações, nível de fragilidade, distância a ser percorrida, entre outros

Porém, o cliente pode ter uma certa desconfiança de algumas transportadoras por elas não serem muito conhecidas, ou por ter experiências negativas com elas no passado. Quanto a isso, é importante pesquisar sobre a reputação da transportadora que você quer trabalhar.

3. Courier

Essa forma de entrega vem crescendo bastante nos últimos tempos nas empresas que querem diversificar mais seus envios. O termo “courier”  tem origem inglesa e significa o mesmo que “entregas rápidas”.

Ele faz uso de muitos tipos de locomoções para realizar o envio como carros, motos, vans e até aviões, fazendo com que o lojista possa personalizar a sua entrega de acordo com o destino dela. Por exemplo, se você precisa entregar um pedido na mesma cidade que a sua loja, pode optar por um envio de moto, caso seja em outro estado pode optar pelo avião.

Para contratá-la você pode escolher entre as modalidades de entrega diária, para uma grande quantidade de envios, ponto a ponto quando é um produto pequeno, por contrato ou personalizado de acordo com as necessidade do seu negócio.

4. Pontos de retirada

Com essa modalidade, você pode combinar com os clientes locais estratégicos para que eles mesmos possam pegar o produto que compraram pela sua loja virtual. Nesse modelo, a escolha do produto e o pagamento é feito de forma online, somente a entrega fica por conta do cliente.

Esse modelo é interessante para compras feitas na mesma cidade que a sua loja virtual, pois nesse caso o cliente pode comprar o produto por um preço mais barato que na loja física, mas pode recebê-lo mais cedo do que se passasse pela logística de entrega.

Para implantar esse modelo, você deve pensar em que locais na cidade ficaria bom para realizar a retirada. Quem tem loja física pode optar pelo local onde a loja está, quem não possui pode optar por pontos estratégicos e seguros na cidade para poder fazer a retirada.

5. Social delivery

E por último temos o social delivery, que é quando a loja virtual possui uma rede de pessoas que estão em locais diferentes e podem fazer as entregas por você. Nessa modalidade, você pode contratar pessoas em um modelo freelancer, e passar para ela os pedidos com entregas nas regiões próximas onde ela vive.

Isso pode permitir que você economize nas entregas, pois não precisará arcar com custos da locomoção da pessoa, já que ela faz isso com seu veículo próprio. Porém, é necessário ter um controle maior e trabalhar com pessoas de confiança, que realmente realizem a entrega no endereço correto no prazo certo.

Como fazer as entregas da minha loja virtual?

Além de conhecer as formas de entrega dos pedidos da sua loja virtual, também é importante que você saiba como implementá-las de forma que funcionem corretamente e tragam benefícios ao negócio.

Para isso é importante se planejar bem para poder ter uma logística de envios mais otimizada. Abaixo separamos algumas dicas para você iniciar esse processo.

Desenvolva um processo para o controle de estoque

A logística de envio começa no seu estoque e na forma que ele é gerenciado. Um estoque que não possui contagem de produtos e nem se pode ver os produtos que tem disponíveis, pode causar impactos negativos nas suas vendas e deixar seus clientes frustrados.

Por conta disso, é importante que você desenvolva um bom controle de estoque, criando procedimentos concretos para momentos importantes na logística, como quando:

  • chega mercadorias do fornecedor;
  • pedidos são feitos na loja e precisam ser separados;
  • é preciso embalar as encomendas para o envio;
  • precisa enviar os pedidos para os correios ou transportadora.

Você pode começar a pensar em procedimentos para implantar nesses e em outros momentos da sua cadeia de entrega de pedidos. Para ajudar a manter tudo o mais atualizado possível e sem erros, pode ser interessante utilizar um sistema que ajude a realizar o gerenciamento do estoque e se integre com a sua loja virtual.

Dessa forma, o sistema da loja virtual poderá atualizar a disponibilidade dos produtos de forma automática, de acordo com as informações que tem no estoque, evitando assim que seu cliente compre um produto que não está disponível.

Pesquise a melhor opção para realizar os envios

Você já conferiu algumas formas de realizar os envios dos pedidos da sua loja virtual, mas é importante ir além e pesquisar sobre as diferentes modalidades de entrega que existem para as lojas virtuais e como elas operam no mercado.

É importante que o lojista analise os custos envolvidos em cada modalidade de entrega, e o tempo que elas levam para realizar um envio. Na modalidade de ponto de retirada, os custos podem ser bem baixos e a entrega mais rápida se comparado a uma transportadora, por exemplo. Porém ele tem um alcance menor, e depende da locomoção do cliente para ser rápida.

Outro fator importante é verificar a reputação da empresa, caso você queira trabalhar com transportadoras, e ver os estados em que elas realizam o serviço de entrega e que tipo de cuidado eles têm com as mercadorias.

Sabendo mais sobre esses e outros fatores sobre o serviço realizado, você conseguirá escolher a melhor opção de envio para fazer na sua loja virtual, de forma que deixe seus clientes satisfeitos e com vontade de voltar a fazer mais compras em sua loja.

Disponibilize códigos de rastreamento

Um ponto importante no momento de realizar as entregas é disponibilizar ao cliente algum meio que permita que ele acompanhe o status de envio e em que local o pedido está.

Isso ajuda a deixar o cliente mais tranquilo, pois ele saberá onde está sua compra e quanto tempo falta para chegar no endereço adicionado. Ao fazer isso, a sua loja passa mais confiança ao cliente, que vê que é um estabelecimento sério e preocupado com a experiência de compra.

O código de rastreio será gerado dependendo da forma que você escolheu para realizar a entrega. Os correios e transportadoras possuem um sistema que permite o rastreio das entregas. Mas na modalidade courier e de social delivery, pode ser que você tenha que implementar algum sistema que permita esse acompanhamento.

Implante um processo de retirada no local

Caso você opte pela retirada em algum local específico, também é importante criar um procedimento para que essa modalidade funcione com sucesso.

O lojista precisa pensar no local onde vai ocorrer a retirada, quem será o responsável por se encontrar com o cliente, que procedimento deverá ser seguido caso o cliente não apareça no horário combinado, entre outros.

Com um bom planejamento, você poderá oferecer essa modalidade de forma que o cliente fique satisfeito, e que a loja não sofra nenhum prejuízo.

Como oferecer diferentes tipos de frete?

O frete é o principal fator que pode fazer um cliente desistir da compra, por conta disso ele impacta diretamente nas vendas da loja virtual, e deve ser tratado com bastante cuidado pelo lojista, que precisa oferecer sempre o melhor para seu cliente.

Para isso acontecer, é importante conhecer mais sobre os diferentes tipos de frete que existem, e analisar as opções interessantes para ofertar ao seu cliente. Quanto mais modalidades de frete você trabalhar, maiores são as chances de suprir as necessidades de um público maior de consumidores.

Sabendo disso, o lojista precisa escolher as modalidades que trabalhará e se planejar para implantá-las de forma que não cause prejuízo. Um exemplo bem claro disso é o frete grátis, que todo cliente gosta, mas se você aplicá-lo sempre sem se planejar, pode acabar realizando vendas que causem prejuízo ao negócio.

Outro exemplo poderia ser o frete por região, que pode oferecer valores mais baixos para capitais e regiões metropolitanas, e valores mais altos para cidades do interior. Dependendo da região que a maioria dos seus clientes reside, essa opção pode fazer com que mais desistências de compra ocorram.

Então estude sobre os tipos de frete, e analise as opções que se encaixam no seu negócio, de modo que agrade seu cliente e faça sua loja virtual crescer!

Quais recursos usar para oferecer diferentes tipos de frete?

Quem usa a plataforma da Simplo 7 para ter sua loja virtual pode contar com mais de 20 recursos diferentes para implantar diversas modalidades de frete, e assim sair vendendo mais!

Aqui temos recursos de frete gratuito, personalizado e a opção de implantar a retirada na loja física. Contamos também com diversas integrações com os Correios e transportadoras conhecidas como Melhor Envio e Jadlog!

Vem aproveitar esses e outros benefícios e crie a sua loja virtual em segundos na Simplo 7!